Home > Notícias
28/09/2018

Detentor da Zara, grupo Inditex atinge € 1,4 bi de lucro no primeiro semestre

Após um primeiro trimestre fraco, o gigante espanhol do fast fashion Inditex obteve um desempenho brilhante no segundo trimestre, o que lhe permitiu fechar o semestre fiscal de fevereiro a julho de 2018 com faturamento de 12,02 bilhões de euros, alta de 3% em relação ao mesmo período de 2017, e lucro líquido de 1,40 bilhão de euros, crescimento de 3%.

As vendas comparáveis registaram um aumento de 4%, em comparação a elevação de 6% no primeiro semestre de 2017. A Inditex, que anunciou na semana passada sua intenção de transformar seu modelo de expansão com foco no canal on-line, também indicou que as previsões para o segundo semestre de 2018 indicam um aumento entre 4% e 6% nas vendas comparáveis.

Os investimentos também preveem “um túnel subterrâneo de 48 mil euros para conectar a atual plataforma logística e aquela atualmente em construção em Tempe (o centro que administra o negócio de calçados do grupo, N. do E.), na área industrial de Elche”.

Para a expansão do centro de logística, que ocupará mais de 34 mil metros quadrados, a Tempe planejou um orçamento de gastos de quase 7,5 milhões de euros. E isso é só o começo: o plano de expansão levará à construção de outras fábricas, incluindo a Tempe 3 (63 mil metros quadrados), a maior do grupo, para atingir uma área de 150 mil metros quadrados. Mas a mídia espanhola vai além e comenta sobre outro pedido de ocupação para cerca de 300 mil metros quadrados.

Leia também:
China: chegam as lojas “falsas” mauro@gbmcomunica.com.br
Fusão das lojas de departamentos alemãs Karstadt e Kaufhof cria gigante de € 5,4 bi
Distribuidores e varejistas de calçados dos EUA criticam política de Trump que prevê sobretaxar mais produtos chineses
Empresário chinês Jack Ma dá adeus ao gigante do e-commerce Alibaba