Home > Notícias
02/03/2018

Indonésia pede livre comércio

“Se tivéssemos acordos de livre comércio com os Estados Unidos e Europa, cresceríamos mais.” Essa foi a posição assumida pela Aprisindo, Associação de Calçados da Indonésia, comentando os dados de exportação de calçados em 2017 na imprensa local.

O resultado é positivo: a variação oscila entre +6% e +7%. Mas os números poderiam ser ainda melhores se Jacarta assinasse acordos comerciais com Washington e Bruxelas. Os dois mercados consomem cerca de 60% dos calçados fabricados na Indonésia, mas são estáveis ao longo dos anos. “Os sapatos vietnamitas, que detém benefícios comerciais, são 11% mais baratos”, afirma a mídia local.

Leia também:
Mocassins? Sim, mas com salto alto!
Balenciaga supera a Gucci entre as queridinhas da moda
Nike: ninguém resiste ao VaporMax em couro
Chanel: uma loteria para os tênis que podem render muito dinheiro
Caem as barreiras na Europa para compras online
Gardabags: o novo evento para artigos de couro
China corta tarifas de tecidos e sapatos