Home > Notícias
29/09/2020

Norte-mericanos começam a retomar com força as compras no varejo físico

Em setembro, os norte-americanos voltaram às lojas com as taxas mais altas desde julho, de acordo com novos dados coletados pela Coresight Research. A última pesquisa com consumidores nos Estados Unidos foi realizada em 15 de setembro e descobriu que 53% dos entrevistados evitavam shoppings e centros comerciais, enquanto apenas 39% evitavam lojas físicas. Os números sugerem que os consumidores estão mais uma vez mais à vontade com as compras pessoais, o que é um sinal positivo para empresas que dependem da receita física.

No geral, a Coresight Research observou que esse movimento de volta ao varejo físico pode refletir uma mudança mais ampla dos hábitos adquiridos pelos consumidores durante o período pandêmico. Pesquisas anteriores descobriram que um número significativo de consumidores esperava manter esses hábitos pós-pandemia, mas os dados mais recentes mostraram uma diminuição nessa resposta para apenas metade dos entrevistados.

"Esta semana, a proporção de entrevistados que esperam manter alguns comportamentos alterados diminuiu seis pontos percentuais, para 50%, contra 56% um mês atrás e o pico de dois terços em 10 de junho", disse o relatório. "Este é também o nível mais baixo que vimos desde que começamos a fazer a pergunta no final de março, sugerindo que os consumidores estão mais dispostos a retornar às suas atividades normais do que esperavam."