Home > Notícias
08/02/2019

Santoni e Church’s: não só homens

O DNA é masculino. O futuro é (também) feminino. De Santoni, as linhas Donna valem mais de um terço das receitas e este ano vão atingir um faturamento de 85/88 milhões de euros, um aumento claro em comparação aos 81 milhões em 2017. “A Donna é um projeto em constante crescimento. Tem um grande número de seguidores na Europa e nos países ao leste, o Oriente Médio funciona bem e os últimos mercados que nós inauguramos, Estados Unidos e Japão, também são muito interessantes graças a uma coleção estudada em plataformas específicas para esses mercados”, declarou o CEO Giuseppe Santoni.

A Church’s, marca britânica de tradição masculina, também está se concentrando nas mulheres com a coleção primavera-verão 2019 mais ampla do que nunca. De acordo com a Fashion Network, os mercados de referência para as coleções femininas da Church’s são França e Japão. O maior investimento criativo e produtivo visa fortalecê-los, avançando alguns passos também para o Oriente Médio.

Leia também:
LVMH: um 2018 de recordes positivos
Feira Mipel 115 traz de volta grandes marcas de bolsas e acessórios de couro
União Europeia e Japão: começa o livre comércio entre países que compreendem 1/3 do PIB mundial e 600 mi de pessoas
El Corte Inglés vende a casa?