Home > Notícias
17/08/2018

Sérgio Bocayuva, CEO da Usaflex, elogia a parceria com a Server

Trezentos e quarenta lojas franqueadas em um prazo de três a quatro anos, abertura de unidades no exterior, fora as aquisições em estudo. Nos planos de crescimento da Usaflex, marca líder de calçados femininos de conforto feitos em couro, a hamburguense Server Softwares para Varejo tem lugar garantido. Em um ano de relação das duas empresas, foram abertas mais de 92 lojas, todas integradas pelo Software de Gestão BusinessShop e que está em operação nas 135 franquias em 20 Estados brasileiros. “A Server foi uma grata surpresa e vai se tornar o grande desejo do mercado, dada à solução ofertada em nuvem, condizente com as demandas e baixo atrito nos serviços do dia a dia”, confidencia Sérgio Bocayuva, CEO da Usaflex, de Igrejinha/RS.

José Galló deixa o comando executivo da Lojas Renner
Até o final de 2018, José Galló deixará o comando executivo da Lojas Renner e passará para o conselho de administração. O grupo tem faturamento anual de US$ 2,2 bilhões e registrou, em 2017, lucro de US$ 221 milhões, 14% acima do número auferido no ano anterior. No Brasil, o grupo conta com 331 lojas, das quais 101 são Camicado e 92 Youcom, e as demais Renner. A empresa fez um investimento de R$ 20 milhões para abrir uma filial no Uruguai e, no geral, tem registrado boa performance em vendas. "Estamos vendendo 50% a mais do que o previsto", revela.

Ferragamo e Polimoda: mestrado em design de calçados em janeiro de 2019
Polimoda e Salvatore Ferragamo anunciaram uma colaboração para o lançamento de um curso de mestrado de nove meses em design de calçados, que começará em janeiro de 2019. O curso de formação inclui o depoimento direto de gerentes da maison florentina e de outras empresas do setor, além de visitas educativas a empresas de produção locais. James Ferragamo, vice-presidente e integrante da terceira geração da grife fundada por Salvatore, frisou a importância da relação entre empresas e escolas de moda: “Hoje a moda deve estabelecer objetivos também do ponto de vista do treinamento. É importante colocar o próprio know-how à disposição dos alunos, a fim de treiná-los e, assim, responder às necessidades do mercado”.

Sapatos "made in Italy" são os mais caros do mundo
O sapato italiano é o mais caro da Europa: qualidade ou defeito? De acordo com o preço médio das exportações de calçados de 2017, a Itália vende no exterior a cerca de 42 euros, em comparação a um preço europeu médio de 18,5 euros por par. Segundo a Modaes.es, a Espanha vende a 16,43 euros e, atrás da Itália, está a Finlândia a 38,18 euros. “Não é uma questão de os italianos diminuírem ou aumentarem os preços médios em comparação à concorrência europeia. É que não somos competitivos com empresas espanholas ou portuguesas em termos de paridade de produto. Cobramos em média 30% a mais e tudo isso se deve a custos de mão-de-obra significativamente maiores e à cunha fiscal resultante”, analisa Arturo Venanzi, da fabricante calçadista Franceschetti.

Presidente da Ablac faz ações para aprovação da MP da desoneração
O presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados (Ablac), Marcone Tavares, está pessoalmente empenhado na aprovação, pela Câmara dos Deputados, da Medida Provisória que devolve ao varejo de calçados e ao setor moveleiro o benefício da desoneração da folha de pagamento. A MP em análise reduz de 2,5% para 1,5% da receita bruta a alíquota que os dois setores devem pagar até dezembro de 2020, em vez de recolherem 20% a título de contribuição previdenciária. Marcone tem mantido contato constante com parlamentares em Brasília, entre eles o deputado Arthur Lira, do PP de Alagoas.

Original by Brasil conecta fornecedores a compradores
De forma inovadora, a plataforma do Original by Brasil encurta distâncias e possibilita o acesso a materiais e pesquisas de moda também no formato virtual, além de contar com a versão in company e permanente nas cidades de Novo Hamburgo/RS, São João Batista/SC, Franca/SP e Birigui/SP. O site originalbybrasil.com.br é uma forma prática para conectar compradores ao redor do mundo a vendedores do setor calçadista e da moda. São atualizações diárias feitas pelos próprios vendedores que resultam em um acervo riquíssimo, composto por mais de 700 materiais, entre tecidos, laminados, couros, enfeites, saltos e solados. Todo o acervo pode ser visualizado pelo site e as solicitações de orçamentos também podem ser feitas online.

Colaborou Lorenzo Raggi (FotoShoe Magazine - Milão/Itália)

Leia as colunas anteriores:
08/08/2018
31/07/2018
10/07/2018

29/06/2018
21/06/2018
30/06/2018