Home > Notícias
06/04/2020

Stella International: grupo calçadista de Hong Kong tenta retomar a normalidade

Proteger a estabilidade operacional e interceptar novos segmentos. Esses são os dois pilares sobre os quais, da China, a Stella International pretende reconstruir seu 2020. E superar a emergência do coronavírus. O grupo de calçados com sede em Hong Kong fechou 2019 com altos e baixos. Receitas em queda, mas lucros crescentes. Muitos obstáculos para os próximos 12 meses. E muita vontade de superá-los.

Chi Lo-Jen, CEO do grupo, explica: “Em 2019, fizemos um progresso significativo para garantir nosso sucesso e lucratividade a longo prazo. Demos prioridade à expansão das margens para o crescimento do volume de expedições. Isso se reflete na sólida melhoria no lucro operacional e no lucro líquido. Para 2020, nossa principal prioridade será salvaguardar nossa estabilidade operacional, continuando a otimizar nossas margens sempre que possível.”

Obviamente, muito dependerá do desenrolar da epidemia de Covid-19. Nos últimos meses, a empresa explica, a migração da produção da China continental para o Sudeste Asiático vai terminar. Paralelamente a isso, empresas de fora da filial listada do grupo estão trabalhando no desenvolvimento de acessórios de couro que poderiam voltar ao corpo principal da empresa durante o primeiro semestre deste ano.

O grupo de Hong Kong não possui instalações de produção na província de Hubei e apenas uma pequena proporção de seus trabalhadores vem daquela área. Da produção, 70% está localizada fora da China continental. Os 30% restantes registraram “um atraso na retomada dos negócios em respeito às diretrizes e requisitos introduzidos pelo governo”. As atividades de produção nas Filipinas também pararam por um mês. Agora, no entanto, a empresa anunciou que a produção está voltando gradualmente ao normal.

Leia também:
Itália: produção calçadista parada
Coronavirus: Armani redireciona produção para confecção de jalecos e faz doações
OutDoor by ISPO: edição 2020 cancelada
A crise afeta a indústria calçadista de Portugal