Home > Notícias
06/11/2020

Tendência direta do hemisfério norte: um inverno protagonizado pelas chunky boots

Elas não são delicadas, tampouco refinadas. Mas estão mais femininas do que nunca! As botas de solado robusto e emborrachado, muito semelhantes às galochas próprias para dias de chuva ou tarefas pesadas, roubam a cena quando o assunto são tendências para o outono-inverno 2020/2021.

Nas ruas das grandes metrópoles do hemisfério norte, nas revistas de moda e nas redes sociais das influencers, a modelagem conhecida por “chunky boots” acompanha looks que vão do vestido fluído até o short com blazer, exaltando seu conforto como trunfo em uma moda cada vez mais democrática e aberta para novas possibilidades.

Várias foram as grifes que apostaram no seu sucesso a partir das passarelas. O modelo BV Tire, da Bottega Venetta (foto abaixo), parece liderar a lista de desejo das it-girls, e aumentou em 37% a pesquisa por botas da grife em poucos dias, segundo a revista Vogue inglesa.



A Dior também levou às passarelas suas botas pesadas e fez combinações com meias de estética grunge. Em uma das versões, o branco tomou conta do solado e do cabedal. E a outra ganhou ares de coturno, com amarrações pesadas.


Stella McCartney não dispensou o charme do salto na borracha espessa em tom de caramelo. E pespontos deram o acabamento no encontro com o cabedal de couro.


Já a consagrada Prada e o estilista americano Rick Owens apostaram na linha mais discreta: total black e com cabedal ao estilo chelsea, com cano médio e elástico lateral.