Home > Notícias
06/03/2020

Zalando e Farfetch crescem a uma velocidade vertiginosa, mas...

Zalando e Farfetch crescem em um ritmo vertiginoso: os varejistas eletrônicos atingiram crescimento de 20,3% e 69%, respectivamente. Mas a rentabilidade continua sendo um ponto fraco: permanece baixa para Zalando, apesar da melhora nas margens; a Farfetch continua com um grande marco, tendo aumentado suas perdas.

A Zalando se concentra na moda premium e de segunda mão para continuar crescendo. Enquanto isso, fechou 2019 com receitas de 6,5 bilhões de euros (+20,3% em relação ao ano anterior). O lucro líquido é de 100 milhões de euros, quase o dobro dos 51 milhões de euros do ano anterior.

Zalando lançará a “Pre-Owned” (ou “usados”) como uma nova categoria. De fato, a partir do terceiro trimestre de 2020, os clientes poderão comprar produtos de segunda mão e vender seus próprios artigos de moda usados na Zalando. Em 2019, as receitas da Farfetch aumentaram 69%: ultrapassam US$ 1 bilhão, mas os prejuízos após impostos atingiram US$ 373,7 milhões.

Ou seja, eles mais que dobraram em relação a 2018 (155,6 milhões de dólares). A empresa fundada pelo português José Neves aumentou em 52% o valor da mercadoria bruta, superando 2 bilhões de dólares. Para o CEO da Farfetch, 2019 foi “notável”, pois a plataforma cresceu quase o dobro no setor de luxo online.

Leia também:
Coronavírus: emergência diminui a produção
A Golden Goose passa para Permira em negócio de 1,28 bilhão de euros
Timberland reinventa bota de workwear em modelo sustentável: a 6-inch Boot
Balmain aposta nos tênis socks